Pular para o conteúdo

Kako Guirado

Diretor e Produtor Técnico; Empreendedor Cultural e Sonorizador (Sound Design); Desenvolve e cria projetos, presta consultoria de infraestrutura em ações Artísticas e Culturais. Trabalha nas mais diversas áreas, como: festivais, mostras, eventos, agências produtoras, shows, exposições e espetáculos. Em 1989 fundou a Usina Sonora, onde foi diretor até 2012. Trabalha com uma política de parcerias aliado a grandes instituições e grupos artísticos. Dentre os principais trabalhos estão a direção, coordenação, criação e desenho de som (Sound Design) junto a Companhia Teatro da Vertigem, em seus espetáculos – Livro de Jó, Apocalipse, BR3, A Última Palavra (1.0 e 2.0), Kastelo, Bom Retiro 958m e O Filho (Brasil, América Latina, Europa). Teatro de Narradores – Arturo Ui, Retrato Calado, Cidade Vodú; A próxima estação – Cacá Carvalho; Repertório Shakespeare – Macbeth/ Medida por medida; Diásporas – Cia Elevador de Teatro Panorâmico; Heresia – Praça da Sé; Cia Teatro Balagan – Cabras (China).
Realizou a direção técnica de áudio do Festival Internacional de Londrina, durante 15 anos consecutivos; Odin Theater VIII ISTA; Consultoria e coordenação técnica das Bienais de Arte e Arquitetura junto a Fundação Bienal; Mit SP (1ª, edição); Festival Cena Contemporânea de Brasília; Festival Guarani de Cultura e Arte – Jaraguá; Festival Musica Estranha, além de espetáculos e trabalhos pontuais de companhias e instituições (SESC/ MAM/ MIS/ FAD BH/ CCSP).

As experiências pedagógicas podem ser destacadas desde o início de sua formação. Ministra cursos de iniciação à sonorização independentes e junto a Secretaria do Estado da Cultura de São Paulo – Palestras, cursos e oficinas de produções de eventos no SENAI, Faculdade Anhembi Morumbi. Em 2009 iniciou um projeto Social junto ao Colégio Max e Projeto Aprendiz, coordenando curso de áudio e iluminação para jovens.

Em 2010 iniciou o projeto Condô Cultural, um centro de desenvolvimento humano e sociocultural na Vila Anglo Brasileira – SP.