respiros poéticos

Sábados, entre programas. A escritora/psicóloga Silvia Nogueira compartilha uma breve seleção de textos/poesias na forma de possíveis respiros em meio ao caos. A poesia salva, minha gente! Que seja algum deleite.

Silvia Nogueira: conteúdo, pesquisa e apresentação.

Max Huszar: mixagem e montagem.

@maxhuszar

facebook.com/silnogueirah

respiros poéticos #07

07/11/2020

No inicio deste novembro pandêmico de 2020, um regaço. Neste sabado, um convite pra nos lançarmos ao mar. Com sutileza e suavidade, principiamos com as palavras-de-mar da Sophia de Mello Breyner. seguimos na nau por mares mais ou menos revoltos dando voz às palavras de Melville, Raul Brandão, Alberto Martins e Brecht. S’embora navegaire.

EPISÓDIOS

respiros poéticos #08

Um voo breve por construção brasileiras de África – e vice o verso. Palavras de Jorge de Lima, Marcelino Freire, Edimilson Pereira e Silvia Nogueira. Vozes: Marcelino Freire, Bia Nogueira, Juliana Notari e Sílvia Nogueira.

respiros poéticos #07

Um convite pra nos lançarmos ao mar, com sutileza e suavidade, principiamos com as palavras-de-mar da Sophia de Mello Breyner, e seguimos dando voz às palavras de Melville, Raul Brandão, Alberto Martins e Brecht.

respiros poéticos #06

“Estar sendo e ter sido”, esta a substância dessas palavras terra-viva. Palavras de amor com corpos presentes – e outras, simultâneas. Palavras de inteira-vida transmutando o corpo e além. Com vocês Hilda Hilst.

respiros poéticos #05

Um voo mais ao sul da América do sul, passando por terras uruguaias, argentinas, chilenas e -claro y siempre! – paraguayas. Nas vozes de Galeano, Cortázar, Monvel e Espíndola.

respiros poéticos #04

Uma breve viagem pelos mais conhecidos heterónimos pessoanos – poemas de Alberto Caeiro e Ricardo Reis, a prosa poética de Bernardo Soares e o veemente trovelinho não menos poético de Álvaro de Campos.